Arquivo da tag: Framework 3.5

Definições framework .NET


Olá pessoal hoje trarei algumas definições do framework .NET que muitas vezes iniciantes tem muita dificuldades em entender. Vamos lá:

  • Classe (class): Conjunto de caracteristicas e ações.
  • Método (method): Comportamentos ou ações.
  • Eventos (events): Ações que deverão ser controladas pelos métodos.
  • Objeto (object): Uma classe quando estanciada e fornecida atributos.
  • Propiedades (properties): Servirão para manipular as caracteristicas (atributos)

Por tanto se imaginarmos que temos uma classe chamada Pessoa com caracteristicas(atributos) que serão nome, email, idade e etc e os métodos (ações) dessa classe seriam andar, falar e etc.

Um abraço e até a próxima…

Lineker Tomazeli


Framework .NET novidades e como funciona…


Olá pessoal, depois de uma temporada sem post estamos de volta com uma serie de dicas sobre a tecnologia .NET da Microsoft.
Peço desculpas por ter estado ausente mas acreditem, foram por forças maiores.

Mas vamos lá, hoje explicarei um pouquinho de como funciona a linguagem interpretada e sua vantagens.

Para começar vamos entender alguns conceitos:
– A familia .NET esta toda baseada na CLS ( Common Language Specification ) que são as regras que se deve seguir para que o interpretador possa interpretar o seu codigo para liguagem de maquina ( binary code ou native code ) e assim a máquina possa fazer o que voçê solicitou.

Vamos analizar o diagrama:

Por tanto você escreve seu codigo e compila ele com o seu respectivo compilador e voçê terá como resultado o MSIL code ( Microsoft Intermediare Language ou Assembly ) que nada mais é seu .exe se for winforms ou .dll se for webforms e assim quando for a hora ele sera interpretado e passado para binary code ( codigo que utiliza somente 1 e 0. ex: 00110101)

Mas dai vem a pergunta mas qual a diferença da linguagem compilada?
Bom uma das grandes desvantagens das liguagens compiladas é que se você faz seu programa e compila no seu computador que é um pentium 3 e então você troca seu pentium 3 por um duo core achando que o processamento será mais rápido, você se engana, pois ele terá o mesmo desempenho que o pentium 3, pois o codigo foi compilado para aquele hardware. Já a linguagem interpretada, como ela é compilada na hora da execução, ela é compilada para o hardware do momento podendo utilizar todo o recurso disponível.

Outras novidades e dicas do framework são:

  • Garbage Collection : É um mecanismo que já vem por default no framework que fica checando para ver senão existem variáveis que não estão sendo utilizadas na memória e as retira para economizar recursos.
  • Namespaces: Nada mais é do que um agrupador lógico de classes.
  • Multithread: Você pode iniciar multiplos processos ao mesmo tempo. Veremos isso num proximo post.

Bom gente espero que tenha esclarecido um pouco este assunto.

Lineker Tomazeli

Categorias do Technorati ,